Banner Idônea ComunicaçãoBanner  Tablet Idônea ComunicaçãoBanner Mobile Idônea Comunicação


A psicologia das cores

Você já se perguntou por que ao olhar para algumas cores elas são capazes de despertar sentimentos como alegria, confiança, paz, tranquilidade, euforia e até mesmo sensações que refletem fisicamente como fome ou sede? Talvez enquanto lê isso, sua memória está resgatando alguns desses momentos. Pois bem, você já foi apresentado, ainda que inconscientemente, à psicologia das cores.

É cientificamente comprovado que as cores têm o poder de alterar o estado de espírito das pessoas. Fazer com que o seu humor mude, despertar o desejo ou mesmo a repulsa a algo. Em especial no mundo dos negócios não é apenas o racional que dá o comando para que se avance em direção ao alvo do desejo. As emoções contam e muito.

O grande desafio está em aliar a capacidade que as cores têm de acionar nossos sentimentos à escolha correta para cada uma de suas aplicações. Não há um manual de instruções pré-estabelecido, afinal, temos muito mais sentimentos do que as cores das mais variadas paletas seriam capazes de exemplificar. Além disso, a mesma cor pode nutrir emoções distintas em pessoas diferentes.

E justamente nesse ponto crucial, que para muitos pode se parecer com uma autoestrada de grande fluxo e com várias alternativas de saída sem qualquer sinalização, que o design estratégico entra como uma espécie de guia que conhece cada uma das saídas. Não por intuição, mas por estudos que levam ao entendimento do significado das cores.

Assim, de forma consciente, as cores podem ser empregadas de maneira eficiente para transmitir a mensagem da marca, seja para conquistar, reter ou fidelizar clientes ou parceiros. Ou ainda para se estabelecer em um mercado cada vez mais concorrido e que exige que se destaque para obter melhores resultados financeiros.

E quando falamos em “estudo” queremos dizer de fato entender a relação entre cores e sentimentos e compreender que o entrelaçamento de ambas tem muito mais a ver com experiências que estão enraizadas - seja na nossa linguagem ou pensamento - do que apenas um gosto pessoal, como nos ensina Eva Heller. (HELLER, 2000).

Então, podemos crer que a cor de sua marca e a forma como ela será explorada em sua publicidade, nas suas embalagens, na comunicação visual e na sinalização, vai dizer muito mais ao seu público do que você poderia imaginar.

Por isso, recomendamos que confie a sua marca a empresas que realmente entendem com bases sólidas do design estratégico. Entre em contato conosco e vamos juntos descobrir qual a melhor cor para a sua identidade visual. 

De que sua empresa precisa?

Realizamos um diagnóstico de sua empresa e seu mercado para desenvolvermos um planejamento estratégico de marketing e publicidade eficiente, focado em melhorar o desempenho comercial e alinhado com seus objetivos.